RESUMO MENSAL SOBRE PRODUÇÃO PETROLÍFERA – MARÇO/2020

A produção de óleo de Angola para o mês de Março foi de 42 645 754 barris, correspondendo a uma média de 1 375 669 BOPD contra 1 418 929 BOPD previsto o que representa uma redução de 3,05 %. A produção de gás associado durante o mesmo período foi de 98 918 milhões de pés cúbicos, correspondente a uma média de 3 191 MMSCFD 14,37% acima da previsão de 2 790 MMSCFD.

Durante o mês de Março, a Fábrica de ALNG teve uma produção, incluindo LNG, Butano, Propano e Condensados, de 4 876 852 BOE, correspondendo a uma média de 157 318 BOEPD, sendo a produção de LNG de 3 916 420 BOE correspondente a uma média de 126 336 BOEPD, Propano 442 345 BOE correspondendo a uma média de 14 269 BOEPD, Butano 305 055 correspondendo a uma média de 9 840 BOEPD e Condensados de 213 033 BOE correspondendo a uma média de 6 872 BOEPD.

No mesmo período a Associação de Cabinda teve uma produção de LPG de 559 561 barris correspondente a uma média diária de 18 050 barris.

Contudo, a produção de óleo, condensados e LPG foi de 43 418 348 BOE correspondente a uma média de 1 400 592 BOE.

A eficiência operacional das instalações foi de 85% contra 92% inicialmente previsto.
Para o mês em referência foram realizados trabalhos em vinte (20) poços, sendo dezasseis (16) produtores, dois (2) injectores de água, um (1) de avaliação e um (1) poço de pesquisa. Neste período foram perfurados 6 510 metros, concluído um (1) poço produtor e realizadas seis (6) intervenções em poços produtores. Estiveram em actividade efectiva de sondagem 9 unidades, das quais uma (1) sonda do tipo Jack-up (a Valaris 109 no Bloco 0), cinco (5) Drillships (West Gemini e Transocean Skyros no Bloco 17, Maersk Voyager e a Valaris DS8 no Bloco 32 e a Libongos no bloco 15/06), duas (2) sondas de perfuração em terra (a Ideco 350 nas associações FS /FST, e a SA-02 no Bloco Cabinda Sul) e uma (1) Tender (SKD Jaya no Bloco 14).

Partilhar este evento:
Share on facebook
Share on twitter