RESUMO MENSAL DA PRODUÇÃO PETROLÍFERA – DEZEMBRO /2020

A produção de óleo de Angola no mês de Dezembro foi de 35 491 119 barris, correspondendo à média de 1 144 875 barris de óleo por dia (BOPD), contra os 1 198 027 BOPD previstos. A produção de gás associado foi de 85 370 milhões de pés cúbicos, o que dá uma média de 2 754 milhões de pés cúbicos dia (MMSCFD), sendo 1 407 MMSCFD injectados, 578 MMSCFD disponibilizados para a fábrica de ALNG, 309 MMSCFD para geração de energia nas instalações petrolíferas e o remanescente usado nas operações e escoamento do petróleo.

A Fábrica de ALNG teve uma produção de 3 014 244 barris de óleo equivalente (BOE), correspondendo a uma média diária de 97 234 barris de óleo equivalente (BOEPD), sendo a produção de LNG de 73 741 BOEPD, Propano de 11 005 BOEPD, Butano de 7 334 BOEPD e Condensados de 5 154 BOEPD.

No mesmo período a produção de gás associado da Associação de Cabinda foi de 1 233 MMSCFD. Isto permitiu extrair 383 047 barris de LPG correspondentes a uma média diária de 12 356 barris, sendo a produção diária de propano de 7 238 barris, butano de 4 664 barris e LPG de 455 barris.

No concernente ao petróleo, condensados e LPG, a produção esteve na ordem dos 36 033 950 BOE correspondente, numa média diária de 1 162 385 BOE.

A eficiência operacional das instalações foi de 86 %, contra os 92% inicialmente previstos.

Ainda reportando ao mês de Dezembro do ano 2020, estiveram em actividades efectiva de sondagem cinco unidades de sondagem, dos quais quatro navios sonda, nomeadamente Libongos, no Bloco 15/06; DS-12, no Bloco 18; Transocean Skyros, no Bloco 32; Maersk Voyager, no Bloco 17, assim como uma sonda em terra, a IDECO 350 na concessão FS FST.

Foram realizados trabalhos em 11 poços, sendo em seis operações de perfuração/completação e cinco intervenções onshore, para além de terem sido perfurados um total de 5 935 metros.

Partilhar este evento:
Share on facebook
Share on twitter
Share on google