FUTURA REFINARIA DO LOBITO VAI PROCESSAR 200 MIL BARRIS POR DIA

Ultimas Noticias

09 de Junho de 2021 | A Sonangol E.P. procedeu na manhã de Sexta-feira, 09 de Julho de 2021, ao lançamento do Concurso Público Internacional para o Investimento na Refinaria do Lobito, que poderá ter uma capacidade de processamento de até 200 mil barris/dia. A cerimónia, que aconteceu na sede da Administração municipal do Lobito, foi presidida pelo Governador da Província de Benguela, Luís Manuel da Fonseca Nunes, e pelo Ministro dos Recursos Minerais, Petróleo e Gás, Diamantino Azevedo.

O evento serviu igualmente para apresentar aos eventuais investidores e corpo diplomático acreditado no País as potencialidades do projecto, que prevê a absorção de uma considerável força de trabalho nacional. Neste capítulo, prevê-se a criação de 8 mil postos de trabalho directos e indirectos, na fase de construção, e de 4 mil outros na fase de operação.

Para Luís Nunes, que pediu aos futuros investidores primazia à mão de obra local,”a implantação de uma refefinaria com grande capacidade na província, mais concretamente na cidade do flamingo, constitui um factor de capital importância na medidade em que traz consigo, não só o aumento do volume de negócios para a província, mas também a criação de maior oportunidade de emprego às populações”.

Já o Ministro Diamantino Azevedo, que procedeu ao acto formal de abertura, afirmou que “diante do actual cenário nacional, em que 80% do combustível consumido é importado, o Estado angolano, na sua estratégia para inversão do quadro, plasmada no Plano de Desenvolvimento Nacional 2018-2022, direcionou esforços à potenciação do segmento de transformação do petróleo bruto, onde se integra a Refinaria do Lobito, como uma iniciativa-chave para o cumprimento da meta relativa à redução ou erradicação da dependência externa, em relação aos produtos refinados de petróleo”.

Para o Administrador da Agência Nacional de Petróleo, Gás e Biocombustíveis (ANPG), Gerson dos Santos, que presenciou o acto, “a construção da refinaria do Lobito coloca um desafio maior à Concessionária Nacional e às suas associadas na produção de petróleo bruto, com vista a satisfazer as necessidades de petróleo bruto para a Refinaria do Lobito. É um desafio necessário e alcançável pois busca a autossuficiência na produção de refinados com a finalidade de melhorar a condição de vida das populações”.

A Sonangol define como prazo de entrega de propostas o dia 14 de Outubro, estando agendada a apresentação dos resultados no dia seguinte. Para mais informações os interessados poderão dirigir-se à Sonangol.

Notícias relacionadas