Cerca de 95 finalistas universitários das províncias de Luanda, Zaire, Uíge, Benguela, Cuanza Norte e Huambo poderão beneficiar de um programa de estágio profissional. Orçado em USD 371 mil, o projecto é suportado por fundos do Bloco 31, sob a égide da ANPG, na qualidade de Concessionária, e da BP Angola. A implementação é da ONG Development Workshop (DW).

O financiamento enquadra-se nos investimentos de responsabilidade social previstos pela Lei 10/04, de 2 de Novembro, Lei Geral das Actividades Petrolíferas, que estabelece que uma parte dos Bónus pagos ao Estado, resultante dos contratos celebrados, deve ser aplicada em iniciativas de desenvolvimento regional e local.

A edição de 2020 abrange pré-finalistas e finalistas dos cursos de Medicina, Engenharia informática, Telecomunicações, Engenharias agrónoma e ambiental, Direito, Economia, Gestão de empresas, Sociologia e de Assistentes sociais. As inscrições decorreram de 29 de Janeiro a 7 de Fevereiro via online no site da DW, através desta hiperligação.

O programa de estágio profissional e comunitário, lançado em 2011, já beneficiou mais de 3 mil estudantes, visando potenciar habilidades e oportunidades técnicas para o acesso ao primeiro emprego no mercado de trabalho local. A estratégia de investimento social e comunitário da BP assenta nas áreas de educação, desenvolvimento empresarial e capacitação para saúde, segurança ocupacional e ambiente.